Fui otário, mas aprendi (relato do Sábio)

| 32 comments
por Sábio
Tópico da cmm Elas Preferem os Canalhas


Já fui otário.
Namorei por 5 anos a mesma mulher, nunca a traí. Noivamos e sempre fazia as vontades dela. Eu pagava as contas dela, inclusive o aluguel do apartamento dela. Ela saiu de casa por se desentender com os pais dela, e quis morar sozinha pra ter privacidade e liberdade, apoei como um bom namorado. No dia que noivamos, depois de 4 anos, comprei um carro pra ela. Dei entrada, pûs no nome dela e eu pagava as prestações. Comprei calças da fórum, equatore, bolsas da Ellus, victor hugo... marcas q eu desconhecia. Minha família a tinha como uma filha, irmã, sobrinha. Tranquei minha faculdade por 2 períodos pq na época eu tava apertado e precisava pagar a faculdade dela. Ou seja, coloquei os estudos dela em primeiro plano. Pra mim, tudo girava em torno dela.

Porém, destino é foda.
Uma vez, numa festa de família, presenciei uma cena estranha. Meu primo que já estava bêbado, soltou uma graçinha do tipo: "a tatiana sabe do que estou falando né?". Porra, não sou burro. Guardei aquilo pra mim e não falei nada. Apesar de pagar o aluguel dela e pagar as contas dela, eu tinha horários pra ir visitá-la, pré determinado por ela. Mas ela não contava que eu tinha a chave do apartamento. Dormi com ela, acordei e fui trabalhar. No almoço eu passei por lá e ví meu primo saindo do apartamento dela aos beijos com ela. Nem precisei entrar aquela cena já falava por si.
____________

Porra, foi foda!
Um filme passa na cabeça. Lembrei de todos os sacrifícios que fiz pela aquela vagabunda, caralho, foi foda.

A partir desse dia começei a ver um jeito de me vingar. Eu precisava me vingar. E o fiz.
A partir daquele dia parei de pagar as contas dela, faculdade, prestações do carro, aluguel, faturas do cartão de crédito, tudo. E sem dar nenhuma explicação. Ela me ligava e eu não atendia, me procurava e eu saía fora. A vadia ficou louca. Mas era isso o que queria mesmo, deixá-la confusa.

Logo em seguida, teve o noivado do irmão dela (dias depois). Minha família foi, já q as famílias eram amigas. E não pude deixar de ir, e fui. Fiquei normal, mas com ela eu estava frio e calculista. Qd ví meu primo chegar no portão, já desci baixando a porra nele, porra bati muito naquele filho da puta e quando nossos pais conseguiram nos separar, falei em alto e bom som que ela era uma vagabunda, uma puta. Que ela se deitava com o meu primo e se fazia de boa moça. Que ela merecia o respeito da minha família, muito menos o meu. E que o meu primo era a escória do mundo, ele cresceu cmg, eu o tinha como um irmão e o filho da puta me apunhalou. Nem preciso dizer que o noivado do irmão dela foi pras cucuias.
____________

Prof. Gilmar comenta: Garanto que alguns ainda culparam você...

"Tadinha, ele não a satisfazia", "ele não a fazia feliz", "foi coisa de momento, superficial, ele não precisava ter reagido dessa forma", "quem ama perdoa" e etc... é sempre a mesma história.

Ainda bem que você sobreviveu à essa prova de fogo. Vários se matam por causa delas. Realmente certas vezes são seres diabólicos.
____________

Foi o pior dia da minha vida.
Meu primo parou no hospital, levou 7 pontos no nariz, e fraturou o braço esquerdo pelas porradas q levou. Isso foi pouco, tinha que ter apanhado mais pra aprender a ser homem. Filho da puta do caralho. Desse dia em diante a família se dividiu. Nada mais foi como antes.

Quanto a vadia, teve que voltar pra casa dos pais, perdeu o carro, o apartamento, trancou a faculdade já q os pais dela não podiam arcar com as mensalidades. Foi escrachada e humilhada na rua dela, no orkut, e de quebra levou umas porradas do pai dela, que me deu toda a razão.

Tempos depois, me implorou perdão, chorou, foi a minha casa... e abri a porta. Eu tava carente, arrasado e mal. Mas um momento de fragilidade é só um momento, logo me recuperei. A comi de todas as formas, bati na cara dela e ela crente q com isso tava me ganhando. Se fudeu! Qd ela voltou do banho ainda enrolada na toalha, a peguei joguei ela no corredor do prédio e joguei uma nota de 50 reais e disse: Caso o meu primo não venha te pegar, isso aqui é pra vc pegar um táxi! boa noite" E joguei as roupas, bolsa e sapato pela janela.

Detalhe: moro no 14º andar. Ela teve q descer tudo, enrolada numa toalha.
____________

Soldado: ele ERROU aí. Nunca, NUNCA coma a ex, nem mesmo para insultá-la depois jogando dinheiro. Você vai ter mais dificuldade de desapegar.
____________

Conde de Monte Cristo: Contato com a ex eu comparo com ex-viciado que diz que vai dar "só uma cheiradinha", "agora eu tenho controle".

Se a Ex fosse boa,você estaria com ela até hoje. E engane a si mesmo dizendo que vai dar só umazinha, porque isso é uma grande mentira e tu sabe muito bem disto. Só o fato de pensar em sair com ela de novo já mostra que tu tem uma queda por ela ainda. E outra,se você não valia mais nada para ela antes,por que vai valer agora e vice-versa?

Cuidado, a matrix está querendo te tragar novamente. Ela fica sempre a espreita esperando "oportunidades" como essa para te afogar novamente. Quando tu for ver, estará submerso.

Tá sem grana para ir no puteiro, sem nenhum esqueminha com nenhuma mina e a Ex é a única solução para ti sair da seca? Melhor bater uma punheta!

____________

Ainda dói lembrar dessa porra toda.
É muito ruim sofrer tanto por uma vadia que nunca mereceu um esforço sequer. Hoje, quase 2 anos depois desses episódios, voltei a namorar. Estou com alguém legal, porém, não confio um terço do que eu confiei no passado. Tudo é diferente. Cada um tem sua vida e suas coisas. Não arco com nada, nossas saídas são divididas igualmente. Hoje por exemplo, saímos e ela quem pagou minha gazolina. Foi até estranho, já que nunca tive isso.

Não me iludo mais, não me empenho mais, deixo rolar. É bem melhor assim.
____________ 

O mais foda, nem foi tanto em relação a ela.
Claro que foi foda, não justifica nunca, e nunca vou perdoar essa vadia, quero que ela se foda nos quintos dos infernos.

Mas o extremo do foda, foi o meu primo ter me traído. Caralhowwwwwwwwwwww
O cara era meu irmão, porra. Andávamos juntos, íamos acampar juntos, viájavamos juntos. Meus pais o tinham como um segundo filho, justamente por sermos tão grudados. O cara dormia na minha casa, porraaaaaaaaaa!!!!!!!!!

E o cara era um moleque! Pq um homem de verdade não faz isso com um irmão pow!

Meus tios (pais dele) me deram toda a razão. Meu tio veio a minha casa, chorando se desculpando por ele. Porraaaaaa. Tudo isso por causa da molecagem e do mal caratismo dele. Meus tios nunca mais foram as reuniões de família. E os pais dela nunca mais nos visitaram por vergonha. E os nossos pais tem amizades de mais de 30 anos. Pra vcs verem o qt essa porra repercutiu.

Quanto aos amigos, a maioria esmagadora ficaram do meu lado. E os que apoiaram ela não tenho mais contato e nem sei se tem alguém que sabia do caso deles enquanto ela ainda estava comigo. Se houve alguém q sabia, ficou abafado. Mas que se foda! O que importa é que minha conciência tá limpa.
____________

Agradeço o apoio de vcs. Se é pra tá fudido, então fico fudido e meio.
Só contei minha história como referência de ser mais um "otário" a ter sofrido na mão de uma vadia filha da puta. Mas não há mal que dure para sempre.
O lado é bom é que acordamos pra vida e senão tomarmos as rédeas da situação sempre, levamos uma rasteira de onde menos esperamos.
Ser homem é não poder "relaxar" nunca. É estar sempre ativo, atento e pronto para combater os malfeitores, no caso, as VADIAS.
____________

"Quem diz que a vingança é amarga, não tem paladar. A vingança traz o sono tranqüilo aos injustiçados..."

Disse tudo.
Hoje durmo em paz, tranquilo, na certeza de que fui Homem pra caralho, assumi a mulher em todos os sentidos, fui amigo, fiel, romântico, mimei, cuidei e pergunto: pra que???
O Silvio (Buffalo Man) usou uma expressão q define bem o que eu era: MATRIXINIANO.
Quando eu lembro das viagens q deixei de fazer, de pessoas q deixei de conhecer, só por causa dela... me faz crer q a minha vingança foi "singela" diante da minha raiva.

Um dia desses cruzei com ela num shopping e estava trabalhando num stand de comésticos. Passei por ela, eu estava com a minha nova namorada, e fiz questão de parar e comprar algo. Uma colega dela veio nos atender... e vi q os olhos dela encheram de lágrimas. Isso me fez tão bem. Hoje ela tá fudida, não estuda mais, não usa mais roupas de marca e trabalha pra ganhar uma miséria. Se fudeu!!!
Agora perguntem quem saiu perdendo nessa história toda??? rs
Desculpem, mas como bem disse o Maximus... agora eu vou ter o sono dos injustiçados!
hahahahahahahah

Valeu pelo o apoio pessoal.
Boa noite ae! 
____________

Na comunidade O Lado Obscuro das Mulheres, fui questionado pelo Carlos Eduardo sobre o fato de pagar o aluguel da minha ex e ao mesmo tempo me submetia aos horários estipulados por ela. Parece contraditório mesmo. Mas justifiquei e resolvi colar aqui, até para q a minha história fique amarrada de modo q todos entendam melhor o narrar dos fatos.

"É simples. Eu era cego. Cego de amor por ela.
Ela me manipulava, usava o sexo pra baixar minha guarda, e fazia as vontades e caprichos dela prevalecer mediante a carinhos maquiados de más intenções. Eu não queria brigar, não queria ficar sem ela, então eu aceitava, concordava com tudo.
Inconscientemente eu achava q dando o que ela queria eu teria carinho e amor em dobro da parte dela. Não há nada que eu não tenha feito por ela.

Quer ver um exemplo.
Minha mãe estava doente e mal, não havia mais nada a ser feito, a morte dela era só uma questão de tempo. E minha ex insistia pra que fôssemos viajar, com a desculpa de que eu precisava distrair, eu tava cansado e mal pela doença da minha mãe. Então me programei para essa viagem mais um mês. Uma semana antes da tal viagem, minha mãe faleceu. Foi fodaaaaaa!!!

4 Dias dps, tentei argumentar com ela dizendo q seria melhor cancelarmos a viagem tendo em vista q não havia clima. Mas ela sempre conseguia inverter o jogo a favor dela. Ela dizia: "mas amor, agora mesmo que vc tem que ir, não adianta vc ficar aqui. Vc precisa passear, ver o mar, eu estou com vc, e juntos vamos superar isso". Ou seja, ela se dizia preocupada comigo e sensibilizada com a minha dor, nessas horas é isso o que vc quer, se sentir amparado, cuidado. E ela fazia eu me sentir assim.

Conclusão.... semana seguinte fomos viajar. Chegando lá, encontramos 5 amigos dela. saímos em grupos, passeamos de barco, eles felizes da vida e eu mal pra caralho. E conversando com um dos amigos dela... ví que tava td marcado com eles há um tempão. Ou seja, ela me usou, me ludibriou pra me levar até lá e assim, poder curtir os amigos como já havia planejado. Em nenhum momento ela de fato pensou em mim, e só nela mesma. Isso me magoou. mas eu era cego de amor, e perdoe.

Acredite, casos assim são mais corriqueiros do que possamos imaginar."
____________

Eu aceitava os horários estipulados por ela, pq queria dar a ela a privacidade e liberdade que ela não tina na casa dos pais dela. E eu pensava q o "simples" fato de pagar o aluguel dela não me dava o direito de invadir o espaço dela. Fui tolo sim, fui idiota, primário, tosco, burro, tudo isso elevado ao cubo. Mas eu justifico dizendo que eu sim a amava. Fui completamente apaixonado por ela. Não há nada que eu não fizesse por ela e para vê-la feliz. esse foi o meu erro, pq ao pensar nela eu esquecia de mim. eu me realizava nela.

Mas vivemos pra aprender mesmo. E pode ter certeza que eu aprendi. Aprendi da pior forma possível, mas aprendi.

Um homem de verdade não pode ter vergonha de suas fraquezas do passado, ele tem q se orgulhar delas, pois hoje tais fraquezas são referências de como vc está forte hoje. E o quão vitorioso és por ter superado o velho "eu".

Vc tem dúvidas do grau de arrependimento dela? Eu não.

Não que ela tenha gostado de mim, mas por ter perdido a boa vida que só eu dava a ela.

Agora ela tá na merda, e eu to bem tô bem obrigado. Na real, a maior vingança é essa.
____________

"nao seja mais otário, foi bom pra vc aprender isso .."

Com certeza eu aprendi essa lição.
Existem aprendizados que vc leva para a sua vida toda, e esse é um desses.

PESSOAL:
Valeu pelo o apoio de vcs, muito obrigado de coração.
Ví em vocês, a extensão de um lar. Aqui fui ouvido e compreendido, sou grato por isso.
Abraço "irmãos".
____________

Lá vai uma história rapidinha. Pessoal, eu era "namoraduxo" mesmo, hoje eu vejo as coisas com muita clereza.

Certa vez...
Eu tinha uma festa pra ir, a empresa onde trabalho faria uma festa de aniversário, então toda a cúpula da empresa estaria presente e fui convidado pessoalmente pelo vice presidente para ir, eu tava trabalhando um projeto importante, a empresa estava patrocinando meu mestrado e as viagens q eu fazia devido aos meus estudos... então o mínimo que eu deveria fazer é comparecer na festa.
Pois bem...começei a me organizar para o evento. Claro que convidei a minha ex pra ir tbm (na época, noiva). Ela ficou toda animada, ela adorava uma festa.

Tiramos um dia pra comprar a roupa dela, ela não queria alugar, queria comprar um vestido exclusivo pra festa e tal. Tudo bem, concordei. Vamos comprar então. Rodamos 4 shoppings difrentes e 9 lojas de modo a encontrar o tal vestido que ela almejava, por fim achamos, comprei e td bem. A festa aconteceria num sábado e eu estava cansado devido a muito trabalho, mestrado e viagens q eu não podia me ausentar. E na quinta feira q antecedeu a tal festa, cheguei de viagem, morto, eu só queria deitar e apagar.

Quando foi a noite, ela foi a minha casa doida pra sair, tava produzida, cheirosa e cismou que queria ir no show da Ana Carolina, comprou os ingressos, insistiu, bateu pé. Mesmo vendo q eu tava exausto. Aí não teve jeito, fui categórico e disse: "porra, tatiana, não dá pra eu ir, seja menos egoísta e entenda!" Caralhowwwwwww, foi uma merda pq eu falei isso. Ela pegou o vestido q eu dei a ela e rasgou todo ele com a tesoura, TODOOOOOOO! Colocou na caixa, junto com os sapatos e brincos q eu havia comprado tbm, botou tudo numa caixa e mandou para o meu trabalho no dia seguinte. Quando eu vi, fiquei puto da vida. Porra, um vestido de 1.700 reais.

Ou seja, ela era uma chantagista em potencial. Era mimada e fazia com q tudo girasse em torno dela. Hoje ela deve se siriricar toda lembrando de qts coisas eu fazia por ela e ela jogou fora.
____________

Vc devem se perguntar: caralhowww, esse cara só pode ser feio, gordo, patético e escroto pra ser dispensado assim. A verdade é que eu fui um babaca, e homem com esse perfil tá morto na mão de uma mulher.
Sempre me cuidei, sempre fiz academia, e tenho uma aparência mediana com oscilações para muito bom (que coisa gay né! huahuauah), sempre fui vaidoso, cortês, educado e gentil com as mulheres.
Fui educado para ser o suprasumo do cavalherismo para com as mulheres, meu pai é um Dom Juan com as mulheres. Eu cresci vendo meu pai sair de casa aos sábados pra levar minha mãe pra dançar. Hoje, com a minha madrasta, meu pai é um lord, e eu e meu irmão tivemos essa figura de homem como referência para nós mesmos.

Meu pai é um galanteador até hoje, e olha q o cara tem 60 anos hein. Ele dança como poucos, ele tentou ensinar a mim e ao meu irmão mas não teve jeito. Qd ele soube da minha separação com a minha ex, ele passou quase 1 mês na minha casa pra me apoiar e conversar comigo. Ou seja, ele sempre foi um ótimo pai, amigo, tudo. Ele é o cara mais foda q eu conheço.

E fui para a minha ex, o que meu pai sempre me ensinou a ser. e qd ví que nada valeu a pena, me revoltei. Quis experimetar o outro lado da moeda, a cafajestagem. Mas lutar contra a sua natureza é se violentar. Hoje eu vejo que não posso mudar minha essência, poém, dá pra ficar mais esperto e realista. E consegui.
____________ 

(vários meses depois)
Essa foi foda!!! Vocês não imaginam o que aconteceu, caralhowwwwwwww!

Minha ex apareceu no meu trabalho ontem. (Ela foi inteligente, pq sabia q eu não poderia escurraça-la de lá, pq no meu prédio ela tá proibida de entrar, e na casa da minha família ela não é mais bem vinda). Juro, que fiquei surpreso com a visita dela. Quando a ví ali na minha frente, minha cara ferveu na hora, mas td bem. Respirei fundo e perguntei o que ela fazia ali.

Ela desandou a chorar, dizendo que a mãe dela estava com suspeitas que estaria com câncer de mama. Aí o assuntou mudou de figura. Porra, a Dna. Rita (mãe dela) é uma excelente pessoa, na época em que minha mãe faleceu, ela foi minha segunda mãe e tenho um carinho muito especial por ela. Então parei pra ouvir a história dela. Ela dizia que o pai dela (uma pessoa maravilhosa tbm) está sem condições financeiras pra cuidar da mãe dela, e está muito abalado emocionalmente. Os dois são um casal que não vemos mais por aí, eles estão casados a mais de 30 anos mas são como namorados ainda. è muito legal a relação deles.

Isso aconteceu um pouco antes do almoço. E disse a ela q a noite eu iría lá para ver a "mãe" dela. Pois bem, fui. Cheguei lá e a "puta" toda arrumada, escova no cabelo, blusa decotada e cheirosa, me esperando. Mas de quebra levei uma amiga da família que é médica até para poder ver o que poderia ser feito no caso da Dna. Rita. (e a puta se fudeu mais uma vez. Ela não aprende. Acha q pode me sensiblizar a qualquer custo).

Qd a mãe dela me viu, ficou toda feliz, poxa... confesso que fiquei até emocionado. Foi muito bom revê-la. Conversamos pra caralho, e o pai dela nervoso com isso tudo. E minha amiga, viu os exames dela, pediu outros exames e encaminhou ela para uma clínica especializada na área, ou seja, ela será bem cuidada pela equipe dessa minha amiga. Graças a Deus! Hoje já liguei para o pai dela, e parece que ele tá mais animado, chorou no telefone me agradeçendo. Porra, só de lembrar dá um nó na garganta. Vou torcer por ela.

sem mais.
____________

Acredite se quiser, meu primo virou crente.

Tá na igreja, aceitou a jesus, e seus pecados foram perdoados. (ironia)
Dá pra acreditar nisso?
Encontrei uma colega das antigas, um dia desse. Aí ela me contou essa lorota.
Caralhowwwwwwww, é foda!!!

Mas não vou gastar um centavo com a história da doença da mãe dela, a clínica ao qual ela irá se internar é convêniada pelo SUS, só servi de "meio" para q a mãe dela pudesse ter essa oportunidade.

Outra coisa... tenho um carinho especial pela mãe dela sim, isso não posso renegar, apesar de ter me distanciado muito após a minha separação com a filha dela. A mãe dela cuidou de mim qd eu perdi minha mãe, sempre me tratou como filho e sempre fez tudo para me agradar. Sinceramente não acho q eles tenham culpa pela índole ordinária da filha deles. Se fosse assim os pais de estupradores e assassinos seriam apedrejados em praça pública. Sim, o meio forma a personalidade do indivíduo sim, mas acredito q o caráter da pessoa advém de experiências vividas por conta própria.

Não importa quais os meios que ela venha a usar para me desestruturar de modo a me fazer voltar para ela, o que realmente importa é que ela NUNCA irá alcançar esse objetivo. respeito os pais dela, mas ela... quero que se foda!

32 comments

Anônimo 11 de setembro de 2012 22:55

Isso ae veio, porra q fdp ela e seu primo, e vc tem q se orgulhar pow, virou um novo homem agora, e muito bom vc contar sua historia aki pra nos ajudar tbm a ficar esperto. Parabens pela coragem e por continuar aqui, coragem para dar a volta por cima, e nao cometer suicidio igual os perdedores assumidos fazem, parabens veio !!!

Carol | 13 de setembro de 2012 23:33

Conheci hoje o seu blog, por mero acaso, e não podia deixar de comentar...
Sou mulher, e saí há pouco tempo de um relacionamento de 7 anos...antes deste homem não tive nenhum, foi o meu 1º em tudo e nunca tive outro homem nem nunca o traí!
Em troca de durante 7 anos ter sido uma namorada como aquelas que você diz que "já não existem",recebi:
-Traições;desprezo;em 7 anos d namoro deu-me 2 ou 3 prendas de anos, nem no Natal me dava( e eu ainda fazendo faculdade e ele já ganhando bom dinheiro); trocava-me a toda a hora pelos amigos e me deixava sozinha em casa; ficava dias de folga em casa e com preguiça de pegar no carro para vir ter comigo, chegava a estar 1 semana inteira de férias sem me vir ver!

Entretanto, os amigos dele andavam com mulheres com historial de inúmeros parceiros, algumas delas bem rodadas e com fama de putinhas...e adivinhe, eram optimamente tratadas, como princesas, com os namorados aos pés delas a fazerem-lhes todas as vontades!

Eu fico realmente indignada quando vejo relatos destes, porque realmente os homens reclamam que as ex-namoradas são vadias, mas a verdade é que só dão valor a mulher que não presta...eu durante 7 anos fui carinhosa, dedicada,pensava em casar e assentar e não tinha olhos para mais homem nenhum(apesar de várias cantadas de outros homens) o meu tempo livre era todo para estar com ele...e fui deixada porque, passados 7 anos de namoro, o menino ainda não estava preparado para assumir compromisso sério!

Falando sério,os homens só dão valor a mulheres que os desprezam...

Soldado | 14 de setembro de 2012 00:33

Carol,

Existe uma diferença entre a "safadeza humana" e a "safadeza de gênero".

"Safadeza humana" qualquer pessoa pode fazer. Exemplos: Não valorizar, tratar mal e trair. (seu caso)

Dois exemplos de "safadeza de gênero", que só um gênero costuma fazer:

1) Tá cheio de homem por aí que se ferra depois de pagar aluguel, contas, faculdade, motel, presentes, roupas, viagens e fazer todas as vontades da namorada. (caso do texto)

2) Tá cheio de mulher que fica grávida e o pai da criança some.

Não coloque a culpa nos homens por um comportamento que as mulheres também têm.

Também não jogue toda a culpa no homem, porque continuar esse relacionamento ruim foi opção sua.

Tirando Onda | 14 de setembro de 2012 02:23

Continuar esse relacionamento ruim foi opção sua. [2]

Em algum momento vc deve ter notado que tinha algo errado, porém quis insistir no erro.

Anônimo 20 de setembro de 2012 00:55

Cuidado ao se envolver com mulheres rapazes... cuidado redobrado quando vocês perceberem que estão se tornando apaixonados ou apegados... e cuidado triplicado quando a relação envolver gastos financeiros da sua parte na construção e melhoria da vida dela (como foi o caso do sujeito do texto).

Creio que o fato de o "Ex-Otário" parecer ter uma condição financeira estável pode ter influenciado em muito o fato de a "ex" tê-lo escolhido como macho provedor.

Anônimo 20 de setembro de 2012 01:07

E quanto à companheira Carol:

Não torne do seu erro uma regra geral. Um espaço amostral de 1 "ex" + 2 ou 3 "amigos do ex" não é o suficiente para que se faça alguma observação sobre todo o gênero masculino (ou mesmo a maioria dele) que mereça crédito. E digo mais: se o seu "ex" e os "amigos dele" não se portam da forma que você acha correta, reclame com as mulheres que dão bola a eles pois eles só se portam daquela forma pois encontram respaldo para aquelas atitudes na aceitação feminina.

Anônimo 1 de outubro de 2012 20:27

O relato da Carol mostra que existe muito homem FDP.
Na verdade, os dois sexos se equivalem (embora de forma diferenciada). O problema é que atualmente existe a cultura de proteger a mulher e ferrar o homem.
O homem se esforça mais, é prejudicado pelo estado, pelas leis e pela sociedade e não tem ninguém que se solidarize com seus sofrimentos.

Monarca de mim mesmo - Ellington | 2 de outubro de 2012 15:29

companheiro, parei de ler quando disse que sua mãe morreu qdo vc foi viajar, revoltou-me..
Que esse ser ignóbil que foi sua ex queime no inferno, sem piedade.

Júlio 19 de outubro de 2012 20:33

Parabéns pelo fato do autor do texto ter conseguido aprender a lição que é o mais importante, e ter dado a volta por cima.
--
Agora, só mudando de assunto, eu fico curioso pq todas as mulheres que reclamam que são desvalorizadas fazem questão de enfatizar que outros se interessam por elas. Como no caso da Carol(Não estou descriminando e sim generalizando).
Minha pergunta para os senhores da Real é: Porque elas fazem isso sempre?

Soldado | 20 de outubro de 2012 03:42

Júlio,

Nesse caso acho que foi um argumento para demonstrar a lealdade dela: "não tinha olhos para mais homem nenhum(apesar de várias cantadas de outros homens)".

Mas em geral, elas sempre fazem questão de enfatizar que outros se interessam por elas, e o Silvio Koerich explica isso neste post:

*Crise feminina no casamento de meia idade*

"A auto-estima delas é ligada ao numero de homens que as perseguem + sua beleza física relativamente a outras mulheres.

Esta formula da auto-estima e felicidade feminina é cientifica e foi montada por mim e os guerreiros da real da OLODM.

Elas entram em crise porque o desejo do marido nunca é suficiente elas precisam do desejo de vários machos poderosos fisica-status-riquezamente e precisam destruir as outras mulheres com beleza superior.

Com o passar do tempo elas perdem os dois e de forma rápida. Isso causa violento choque mental nelas.

Aí elas começam a descontar no marido óbvio pois tudo é culpa dos homens."

Julio 20 de outubro de 2012 14:12

Ok entendi. Vou dar uma olha no post que vc mencionou, No mais, valeu pela explicação. Abraço!

Anônimo 22 de outubro de 2012 04:06

Essa Carol deve tá de zuera. Mulher sempre pensa que o homem tá fazendo putaria, se sentem desprezadas por nada, e depois querem se revoltar contra essa projeção que fazem, que na verdade não é o homem real que tá lá.

Mulher exceção não existe, vocês não me enganam.

Anônimo 25 de outubro de 2012 18:21

Fui enganado por uma safada mas dei o troco: Namorei por 9 meses uma garota, ela tinha 18 anos na época e eu tinha 29 anos. Com uns três meses de namoro ela foi a uma excursão de concluintes numa praia em outra cidade, só que ela veio falar comigo se podia ir, eu disse que tava tudo bem e ela foi. No período em que ela ficou na praia nos comunicávamos por celular de manhã, tarde e noite e no último dia quando vinha embora fui esperar ela chegar na van da excursão já de noite, então ela chegou e foi aquela alegria, ela foi contar os acontecimentos, a folia e ainda me mostrou umas fotos que ela tirou na praia com o meu nome escrito na areia fazendo aquelas declarações de amor com direito a desenhos de coração e tudo. Até aí tudo bem só que quando a gente tava com 8 meses de namoro aconteceu uma coisa que me deixou encabulado: Estava eu um dia no meu msm quando deu vontade de entrar no dela o qual eu tinha acesso e entrei no msm dela porque ela tinha me dado a senha, só que quando ela tinha me dado a senha do msm dela e eu nem queria mas ela insistiu dizendo que era a prova de que não tinha nada a esconder de mim, que era sincera que nunca tinha me enganado durante esse tempo de namoro e que nem tinha intenção, tudo bem! Aceitei. Então nesse dia que entrei pq já fazia quase 1 mês que ela tinha me dado a senha eu me liguei numa coisa: vi que ela tinha 58 contato e ela antes de mar a senha já tinha me dito que tinha esses 58 contatos, só que o msm na época tinha um sistema em que os contatos que a gente excluía ela ficava arquivado em um lugar, era como se fosse uma lixeira aí me lembrei desse detalhe e olhei se no dela tinha algum contato excluído, pra minha surpresa ela tinha excluído mais de 100 contatos e quase todos homens então resumindo esses mais de 100 contatos excluídos junto com os 58 dava mais de 200 contatos, tudo bem fiquei só na minha calado, não dizia nada! As vezes eu perguntava a ela: vc tem poucos contatos viu, só 58 nunca teve mais do que isso? Ela só respondia: não meus contatos desde que criei msm são esses aí 58. Ah tá eu respondia e só na minha calado. Foi aí que começou a minha batalha, resgatei todos os contatos excluídos dela e comecei a entrar direto no msm dela à espera de alguma prova de infieldade dela, mas podem ter certeza não demorou muito não, quando um dia eu tava on line quando de repente uma msm chegou assim: Olá tudo bem? Olhe vc não falou alguma coisa pra alguém daquilo que aconteceu com a gente na praia não falou? Na hora que vi essa mensagem meu sanguem ferveu, meus nervos ficaram à flor da pele mas controlei e disse: não, falei nada não pq? Ele disse:” não por nada não é pq esses dias aquela sua amiga( que eu me prezo aqui de não dizer o nome) tava conversando com um aluno meu e só olhando pra mim e rindo na escola e eu perguntei o que foi e eles disserem nada não perigoso!” aí na hora eu me fingi ser ela e disse:” aff só quem sabe é vc eu e ela, pelo amor de Deus se meu namorado souber disso eu to perdida”, ele respondeu: relaxe! Ele não vai saber nunca por mim não eu garanto.”. Aí eu perguntei me fingindo ser ela: vc gostou? Ele disse: gostei, ele disse: vc se lembra onde foi ? eu disse; lembro, mas diga onde foi mesmo; ele falou foi lá perto da churrasqueira foi bom d+. Me matou quando escutei isso. Salvei a conversa imprimi e quando foi a noite liguei pra ela e ela claro que negou tudo. Mas aí eu fiz uma média dizendo que eu entendia, que sabia que aquilo tinha sido por uma fraqueza e que eu tava muito dolorido por dentro mas que ia passar, mas que não podia ficar naquela dúvida cruel. Ela me perguntou: se eu disser que foi vc vai me deixar. Eu falei: eu confesso que vou ficar muito chateado uns dias mas, talvez eu não queira nem falar com vc mas é só o tempo deu esfriar a cabeça e me recuperar dessa situação, mas eu quero sim eu amo vc, não quero te perder é duro saber disso mas mas o único jeito de vc não me peder também é dessa forma, vc tem que compreender. Então ela disse com todas as letras: é eu fiquei com ele mas

Anônimo 25 de outubro de 2012 18:21

Continuação: eu nem queria foi minha amiga quem insistiu pra eu ficar mas me arrependi muito, já perdi até noites de sono por isso, com a consciência pesada tive vontade de te dizer mas tinha medo da sua reação e vc me deixar de vez. Eu disse: é eu entendo, amanhã vou até aí na sua casa e a gente sai pra conversar sossegado( é que ela morava em outra cidade). No outro dia fui pra lá muito cedo, cheguei lá, ela veio com a falsidade, chorando e me agarrando, então eu sai com ela pra um lugar que sempre costumávamos ir. Cheguei mostrei a cópia da conversa salva e disse: como vc teve coragem de fazer isso comigo hein? Durante esse tempo eu nunca lhe trai e vc fazer isso comigo. Ela disse: me perdoe meu amor eu não queria ter feito isso eu me arrependo muito por isso, tenha pena de mim, pense no que to sofrendo. Eu disse: pena? Vc me fala de pena vc por caso teve pena de mim quando foi transar com um cara só por causa de uma aventura? Então minha resposta é NÃO, eu não te quero mais nunca na minha vida, vc traiu meus sentimentos. E nisso fui saindo e ela se agarrou comigo fazendo o maior escândalo, caiu no chão, ficou de joelhos me pedindo perdão e chorando, mas eu disse: Não, não tem volta que isso sirva de lição pra outro que vc achar que for que nem aí vc passe a mão na consciência e pense muito antes de fazer uma sacanagem dessas e fui embora e deixei a safada lá aos prantos. Mas ela ficou sempre me atentando, ligando pra mim, mas eu não atendia, colocava as amigas dela pra ligar e quando eu percebia que era ela desligava na hora. E depois disso aconteceu mais coisas que não vou contar aqui, até se esfaquear ela se esfaqueou, mas aí é outra história. Só digo uma coisa: nunca homem nenhum confie em mulher nenhuma, porque na primeira chance que ela tiver de lhe trair ela trai.

Soldado | 25 de outubro de 2012 20:34

Anônimo de 25 de outubro,

Achei seu relato muito interessante, vou fazer um post só para ele, fazendo links com outros posts, para mostrar como tudo se encaixa com as teorias desse blog.

fabio@ | 30 de outubro de 2012 09:58

Senhores.

Tive a sorte de conhecer sites como esse, apresentado por um amigo.

Resumo minha historia: Namorei por 6 anos, uma menina que considerava perfeita, de família, honesta, carinha de anjo.. acabamos de maneira amigável, mediante acordo pois estávamos mais amigos que namorados.

O que os senhores acham? Foi só o namoro acabar que as verdades começaram a chegar:

**Que me traia na faculdadade (3 anos atrás)
**Era conhecida como #safada# na atual faculdade

Saliento que a culpa foi MINHA. Porque? Porque eu fui o namorado PERFEITO. Que nao traia, que evitava brigar, que cedia, que dava presentes, que deixava sair com as amigas.

HOJE estou ciente da realidade. DO mundo real, que as mulheres não são os anjinhos que acreditavamos.

Sinceramente ainda estou digerindo a realidade, na dúvida se à procuro e jogo a verdade na cara dela..

Por hora agradeço todo crescimento que tive com as experiencias dos amigos!

OLHOS ABERTOS PESSOAL, NÃO BAIXEM A GUARDA!

Soldado | 30 de outubro de 2012 16:00

fabio@

"Sinceramente ainda estou digerindo a realidade, na dúvida se à procuro e jogo a verdade na cara dela.."

Não procure ela, nem mesmo para "jogar a verdade na cara dela".

Isso é sinal de apego.

http://machismoesclarecido.blogspot.com.br/2012/08/posts-poderosos-do-silvio-parte-1.html

Anônimo 12 de novembro de 2012 12:32

Para Carol: Carol realmente seu caso é que vc se envolveu com um cara FDP, vagabundo e safado eu sou homem e admito isso, que nem vc tem muitas mulheres que passam por isso. o problema é que muitas depois que acontecem um caso desses se desiludem de vez e vai fazer coisas que eu acho que nao é certo, muitas se depravam mas minha opinião que eu acho é se uma mulher passa por uma situação dessas como é o seu caso aí é que ela tem que se dá valor mais ainda. E procurar sim um cara que seja melhor do que seu ex, mas muito melhor mesmo. E como vc vai fazer isso? se vc se interessa por um cara um dia, vc tem que estudar primeiro quem é esse cara que vc vai pensar em se envolver, vc vai pesquisar saber a vida pregressa do sujeito, exemplo: se num grupo de 10 pessoas que conheça esse cara que vc se interessa e vamos dizer que das 10 pessoas 8 dizem que ele não é legal, quer dizer que se vc se envolver mas é sabendo que vai se dá mal futuramente entendeu?

Fernanda | 21 de novembro de 2012 12:16

Anonimo 12/11/ 2012 concordo com sua colocação.

Acho que o grande mal do feminismo foi querer transformar o comportamento das mulheres igual a dos homens.

AS mulheres devem se respeitar e continuar sim sendo seletivas, procurando sempre o que é melhor para elas e seus filhos, e não se desvalorizando como prega a sociedade vigente.

Tendo seus direitos atendidos, mas sem precisar se transformar em homens para isso.

Anônimo 27 de novembro de 2012 15:26

Cara você é um verdadeiro HOMEM!

Anônimo 26 de março de 2013 09:07

@Fernanda

Infelizmente não posso concordar do que você disse... O mal do feminismo é, na verdade, querer ter privilégios superiores aos homens usando-se para isso dos atributos femininos (suposta fraqueza e delicadeza) como forma de manipular os machos dominantes com o seu enorme poder de barganha. Homens tem tantos problemas e sofrem tanto quanto às mulheres, mas poucos estão se lixando para isso, isso é o fato...

Procurar o que é melhor sim, até pode, a depender do que é esse melhor que você está falando. "Melhor" instintivamente para muitas mulheres é basicamente o que configura hipergamia, ou seja 80% das mulheres dando em cima de 20% dos homens (e os outros 80% dos homens comuns se lascando).

Querer o melhor até deve, mas desde que aprendam a ter respeitos pelos outros e lutar contra essa parte ruim da natureza feminina (lembrando que homens também tem seus males interiores pra enfrentar).

Vivi 2 de abril de 2013 10:59

Sua historia é realmente comovente... Senti-me muito sensibilizada por tudo que você passou, e acho que foi pouco o que você fez com essa Vaca!
Acredito que muitos homens se fecham para um amor verdadeiro em função de historias parecidas com esta, sua historia está longe de ser um caso isolado, eu tenho 2 colegas que traem seus maridos descaradamente,que estão em busca de uma vida melhor para o casal, ambos trabalham muito e a desculpa das safadas é que eles não tem tempo para elas....vá se ferrar né que desculpa esfarrapada!

Quando você fala que era cego pq amava ela, sei muito bem o que é isso, tive um relacionamento de quatro anos com uma pessoa que me fez muito mal, mas eu o amava, amava tanto que o colocava sempre em primeiro lugar, ele não tinha carro e a burra levava ele pra todos os lugares, ele nunca colocou R$1 de combustível, ele saia com os amigos e quando chegava bêbado em casa me ligava para eu levar comida pra ele...e eu burra e apaixonada rodava 35 km para levar comida e poder ficar com ele... Ele nunca me assumiu para sua família, nunca foi na minha casa, ele me tratava como um corpo que ele queria usar e jogar fora....até hoje não entendo como pude ser tão cega, tão burra... Eu já estava com sinais de depressão, estava meio obcecada por ele, minha vida girava em prol da dele, não saia mais com meus amigos, porque eu sempre estava esperando a ligação dele....Um certo dia, eu estava muito mal tinha tido um dia do cão no trabalho, minha chefe era uma louca...eu tinha saído da casa dos meus pais, tinha deixado meu filho lá....estava emocionalmente muito mal...entrei no msn e ele estava online, comecei a conversar com ele...o que se espera de um companheiro nestes momentos? No mínimo uma palavra de carinho, certo? Mas não foi isso que tive, ele disse que eu só reclamava da vida, que isso era um saco e tal....isso me deixou ainda pior....eu realmente estava depressiva, então falei pra ele que se eu morresse ele não se importaria....ele disse que eu só falava, que não tinha coragem de fazer, então eu fui ao armário de remédios e peguei vários embalagens....lembro que dirigi os 35km tirando os remédios da embalagem com uma mão e dirigindo com a outra....apertei a campainha da casa dele e ele riu...eu mostrei os remédios e ele perguntou: Quer um copo de água? Eu aceitei e ele me trouxe....não deixou eu entrar no apto. Sai da porta colocando todos os remédios na boca e a agua....ele nem veio atrás de mim...o estacionamento não era perto, então andei um pouco....não vi mais nada, desmaiei antes de chegar ao carro... Lembro de momentos na ambulância e no hospital, não lembro dele junto cmgo....ele foi ao hospital mas não entrou no meu quarto, apenas levou minha bolsa e a chave do carro para minha irmã... 4 anos de relacionamento e isso...
Faz 2 anos que essa merda acabou, não tive mais nenhum relacionamento sério, apenas fico uns caras de vez enquando, mas não consigo deixar ninguém se aproximar muito. Sei que não posso generalizar, não é porque tive um babaca como namorado que todos serão.... Mas eu fui uma idiota também, eu deixei a coisa chegar ao ponto que chegou, eu não tive amor próprio para acabar com aquela merda toda!
Hoje agradeço a Deus por ter tirado aquele cara da minha vida, e quem sabe um dia volto a amar alguém que me faça feliz... A melhor coisa a fazer é viver um dia de cada vez e não remoer passado...

Soldado | 2 de abril de 2013 20:27

Vivi,

"eu tenho 2 colegas que traem seus maridos descaradamente,que estão em busca de uma vida melhor para o casal, ambos trabalham muito e a desculpa das safadas é que eles não tem tempo para elas....vá se ferrar né que desculpa esfarrapada!"

Clássico das mulheres: culpe o homem por tudo.

"lembro que dirigi os 35km tirando os remédios da embalagem com uma mão e dirigindo com a outra....apertei a campainha da casa dele e ele riu...eu mostrei os remédios e ele perguntou: Quer um copo de água? Eu aceitei e ele me trouxe....não deixou eu entrar no apto."

Que cara escroto! A paixão pode ser escravizante, como você mesma sentiu.

Anônimo 3 de abril de 2013 01:04

Para Fernanda:Acho que o grande mal do feminismo foi querer transformar o comportamento das mulheres igual a dos homens e afirmo de verdade agora se querem ter privilégios superiores ao dos homens aí já é outra estória, infelizmente estamos vivendo uma era em que "o politicamente correto" impera, culpa de alguns órgão que existem na sociedade o qual me resguardo o direito meu de não apontar nenhum, porque querendo ou não admitindo ou não tudo gira em torno da política,dos interesses,do poder etc... que esses órgão tem e por aí vai...

Vivi 3 de abril de 2013 08:31

Soldado,

Não desejo o que passei nem para o meu pior inimigo.

E com certeza nunca mais me entregarei para uma pessoa do jeito que me entreguei para ele.

Anônimo 6 de abril de 2013 13:50

Vivi, e esse seu filho, que você falou que deixou com seus pais? É filho dele? Ou é de outro cafa?

VIvi 9 de abril de 2013 09:28

Meu filho já tem 12 anos é de uma relação anterior.

Anônimo 26 de agosto de 2013 00:50

Amor verdadeiro é ilusão.
E dentro dela, a fidelidade absoluta é a mais perigosa das miragens.

Entendam o seguinte:
Qualquer ser humano normal tem desejos.
Isso está acima de qualquer argumento.

O maior erro é procurar uma "santa" ou um "santo" que seja um exemplo de pureza e inocência. Que afirme e jure isso com todas as palavras.
Não faça isso. Se o fizer já começou errado!!!
Essa pessoa das duas uma.
Ou é desequilibrada. Ou é farsante.
- E nos dois casos você VAI se ferrar.

"Ah mas aí o que faço? Procuro uma pessoa tarada e porra-louca então?"
Sim - se você for também tarado(a) e porra-louca.

Taí a segunda coisa que mais me chama atenção.
Chega aquela pessoa desesperada, procurando relacionamento com alguém todo certinho.
- Só que a pessoa é toda errada...

Ora bolas...

Busque aquele que é IGUAL à você em termos de expectativa.
Seja honesto(a).
Fale o que quer e exiga direitos iguais. É simples.
- E não se comprometa por menos que isso.

"Gosta de dar umas escapadinhas?" Pegue quem também o faça.
"Tem uma tara muito doida?" Pegue quem também o faça.
- É simples.

Vou falar uma coisa para vocês realmente saírem da Matrix.

1 - Pessoas REALMENTE monogâmicas são raridade.
Temos a inclinação natural à desejarmos mais de uma pessoa sexualmente em um curto espaço de tempo. Eu sou assim e você provavelmente é também. Estou mentindo?

2 - Paixão é sentimento. Desejo é sentimento. Afeto é sentimento. Mas casamento é invenção de moda do ser humano.
E por isso nunca será autêntico. Verdadeiro. É uma coisa artificial. Criada sem considerar que sentimentos nem sempre são eternos.
Na prática sentimentos eternos são RAROS. Pouca gente se atura depois de uns 5 anos juntos. É cruel, mas é fato então aceitem.

3 - Escolha seu par pelo cérebro.
Abandone a mentalidade de pensar em uma famíliazinha com papai trabalhando, mamãe na cozinha e encuque com o seguinte:
Além de tudo, a pessoa realmente tem a ver contigo?
Vocês tem atividades em comum? Coisas que gostam de fazer juntos e que sejam algo como um hobby ou mania?
Se não tiver, anote no caderninho:
"Esse relacionamento não vai durar."
Sentimentos aparecem e desaparecem. E se não sobra pelo menos um senso de parceria nesse momento da entresafra - esquece. Porque vai tudo pro saco.

4 - Paixão é uma droga produzida pelo cérebro.
É só isso e mais nada que isso.
Então, aproveite a onda - mas compreenda que é uma onda.
Permita-se viajar. Mas mantenha os pés firmes no que diz respeito à suas escolhas.
A paixão as vezes nos faz ignorarmos que uma pessoa não tem nada em comum, ou até mesmo ignorarmos que ela é COMPLETAMENTE ADVERSA À NOSSO ESTILO DE VIDA.
- E isso SEMPRE NOS FERRA.
Se você se apaixonou por alguém que não vai dar certo contigo à longo prazo, seja pelo menos realista e evite criar expectativas - pois elas provavelmente serão frustradas.

5 - Homem não presta? Mulher não presta?
Seja realista. NINGUÉM PRESTA! É isso mesmo? Calma...
Não que as pessoas sejam mal caráter. Mas é o que falei.
Momogamia verdadeira é raridade.
Casamento é invenção do ser humano.
A paixão é só uma droga que nos faz ignorar uma penca de coisa.
E... Pra piorar o ser humano tem o mal hábito de ser fingido.
Então - comece o relacionamento com a verdade.
Se a pessoa berrar e sair correndo é lucro.
Se ela se abrir contigo é lucro também.
E se ela se fingir de santa(o) - FUJA
É simples.

[]s

Anônimo 22 de novembro de 2014 01:47

Rapaz, ótimo relato, daria até para fazer um livro hehehe ;)

Anônimo 23 de novembro de 2014 01:19

Isso que é relato puta que pariu

Postar um comentário